quinta-feira, 21 de março de 2013

ISTO PASSA!

Não posso dizer que esteja bem. mas não estou mal
Com o tempo, fui desistindo aos poucos dele. se calha, lá no fundo, saberia que isto acabaria mal, Cpesar de tentar mostrar a todos vocês que não. Nao sou de ferro. Nunca fui. Nunca serei.
Mas não me vou deixar abater. Não por um rapaz da faculdade que só pensa no que todos sabemos.
E a quem devo este "abre-olhos"? A uma amiga dele. Sim, é verdade. Que apesar de amiga dele, soube ver que eu estava a alimentar esperanças por alguém que ela sabia não valer o meu sofrimento. E sim, deu-me provas do verdadeiro "principe" que eu pensava conhecer.
Em Maio, estaremos as duas batidas na queima para ver a reacção dele. Tenho que saber tudo da boca dele. Ele não sabe que nós as duas falamos dele, e quando soube que ela me ia levar à Queima, ficou CHEIO de medo que ela me tivesse dito alguma coisa sobre ele. É. Estão surpreendidos? Eu também fiquei. Desiludida. Com nojo.

8 comentários:

  1. é verdade , tens de ser forte sozinha , espero mesmo que isso passe **

    ResponderEliminar
  2. vou tentar não me esquecer :) sp que venho ao teu blog é que me lembrooo

    ResponderEliminar
  3. Querida, eu acho que deves esquecer isso.

    ResponderEliminar
  4. ainda bem que gostaste :)
    e queres que seja sincera sobre o que escreveste aqui? acho que nem devias te dar ao trabalho de o enfrentar. está visto que ele não te faz bem, e não vale a pena insistires em algo sem futuro. se sabes que o vais encontrar nessa queima, só tens de estar mais bonita que nunca, ignorá-lo e espalhar o teu maior sorriso. é a melhor forma de o "calcares"!

    ResponderEliminar
  5. Essas coisas acontecem a todos, não é com certeza a primeira desilusão, nem será a última, tens que ser forte, e sempre que fores a baixo levantares-te outra vez , é o ciclo da vida .*

    ResponderEliminar
  6. Acima de tudo não dês valor a quem não o merece! Porque sim, isso passa :) Muita, muita força!

    r: aquela carta não é dos meus pais :p é uma "mini-história" que eu escrevo onde imagino que estou a escrever cartas para a minha filha :)

    ResponderEliminar